sábado, 22 de novembro de 2008

Bath, doce Bath

Li em algum lugar que não existem coincidências neste mundo. Na semana passada, pouco depois de ter escrito sobre a Londres que foi fundada pelos antigos romanos às margens do rio, peguei um ônibus rumo à cidade histórica de Bath, no sudoeste da Inglaterra.

Bath é um dos destinos turísticos mais comuns da Inglaterra, e é fácil entender o porquê: situada às margens do rio Avon, a cidade de cerca de 80 mil habitantes apresenta nas suas ruas charmosas e bucólicas as marcas de praticamente toda a história do país.

Pode-se dizer que tudo começou por causa das fontes termais. Em tempos antigos, quando ainda não se entendia por que a água brotava quente das pedras, os antigos celtas acharam que se tratava de um milagre e transformaram aquilo em um local de cultos sagrados.

Então chegaram os romanos, e pensaram exatamente a mesma coisa. Só que, com os recursos e conhecimentos arquitetônicos que eles tinham, foi contruído um templo que também funcionava como centro de entretenimento - O local que obviamente deu origem ao nome da cidade hoje é conhecido como Roman Baths. Ia-se lá para rezar ou rogar praga nos outros (e, algumas delas, recuperadas por arqueólogos, são hilárias), mas também para relaxar, socializar e purificar o corpo em uma das "salas de banho".

Mesmo depois do declínio do Império Romano, as fontes termais continuaram a ter a fama de serem milagrosas, existindo até um rei que dizem ter sido curado da lepra naquelas águas. Aos poucos, a cidade foi crescendo e, em frente ao antigo templo romano, em um lugar que provavelmente também já era considerado sagrado, foi contruída a Abadia de Bath. Foi lá que, no ano de 973, Edgar, o primeiro rei da Inglaterra, foi coroado.

Apesar de sempre ter sido um local importante, Bath só ganhou status de cidade em 1590, na era Elizabetana. Mas foi na era Georgiana, no século XVIII, que o local ganhou a maior parte da sua belíssima arquitetura e se tornou uma atração turística movimentada. Hoje, a cidade de Bath é considerada um Patrimônio Histórico da Humanidade.

Quanto a mim, pude visitar uma cidade menor, mais calma, com um verdadeiro senso de comunidade. Pude sentar no meio da tarde e tomar uma xícara de chá (com leite e duas colheres de açúcar, lógico :p), pude andar nas ruas e ver pessoas britânicas sorrindo, sem trombarem mau-humoradas uma nas outras. Pude visitar palácios históricos que realmente servem de residências para pessoas, e não acabaram virando escritórios. Pude parar e apreciar as cores estonteantes da minha estação preferida, o outono. E pude até ver um clone de Garfield! ;)

De alguma forma, tive mesmo a sensação de ter mergulhado em um banho tépido e relaxante. Acho que os celtas, os romanos e os nobres medievais estavam certos: aquele lugar é mágico.

PS- Cliquem nos links para ver as fotos!

8 comentários:

Glória disse...

Binha, é cada dia mais prazeroso ler o que vc vem escrevendo, além de poder viajar nesses lugares. Amei tudo! Parabéns!!
PS- O que achei super interessante em Bath foi a arquitetura. Tudo da mesma cor, com estilo tão próprio. Muito lindo! Ah, e Garfield tá fantástico! (rsrs).
Bjuuuuuuuuuuuuus

Gilson disse...

Que bom que se divertiu na sua viagem. É bom deixar Londres um pouco e ver um pedaço do sol... :)
Até um astro da tv (Garfield) foi te prestigiar.
Do you take a bath in Bath? XD

Nilton disse...

Binha, Lindo o lugar, além do belo texto, o registro fotográfico ficou muito bom. Parabéns!!

Beijos

Junior

Anônimo disse...

Hai Liv!

As fotos ficaram lindas! Bath deve ser mágica. Com certeza andar pela cidade gera a sensação de voltar séculos atrás.
Espero que você faça mais viagens assim.

Muitos bjinhos.

Ass.: Ka-chan

Leo Maia disse...

Oi Livia!! Tô acompanhando seus textos, bem bacana! Assim mato as saudades também. Beijão!

Lôra disse...

lilica, meu amor!
que texto bala!
amei a história desse lugar!
amei as fotos e amei garfield! ihihhi
beijos mil
fica com deus

Vitor-kun disse...

waaa! *.*
Parece lindo mesmo, Liv-san.
Um abraço,
^_^

Jinja disse...

*Lendo os posts atrasada*
Ai! Q lindo, Liv-chan! Deve ter sido um passeio mt agradavel! A arquitetura da cidade é realmente linda, as fotos do outono são babantes (eu fiquei assim: *-*) e o garfield... bom, confesso: foi meu favorito xDD

=**