segunda-feira, 10 de novembro de 2008

A dura poesia concreta do Barbican


A descrição do Barbican, no "Rough Guide to London" (uma das minhas bíblias pessoais), não é nada animadora: "...um gueto de concreto fenomenalmente feio e caro construído na área altamente bombardeada de Cripplegate". E continua: "É uma distopia construída para as classes altas, com um labirinto de caminhos para pedestres e estacionamentos subterrâneos". O único motivo para ir nesse lugar "deprimente", segundo o livro, é o Barbican Arts Centre, no qual eu fui neste domingo assistir um filme cubano dos anos 60.

Não se enganem, caros leitores: Barbican tem seus encantos, sim. Ao menos foi o que eu pensei quando saí da estação de metrô e dei de cara com aquele lugar de arquitetura modernista e imponente (exatamente a visão da foto). Uma visão meio sombria e dura, é verdade, mas ainda assim muito interessante. Não sei se porque era domingo, ou por causa do tempo frio e chuvoso, ou se pelo aspecto de fábrica abandonada que o bairro tem. Mas tudo em Barbican me pareceu envolto num certo silêncio, como se as construções estivessem guardando o sono de máquinas adormecidas. E as pessoas, poucas e geralmente vestidas com cores sóbrias, me pareceram elegantes, quase como se estivéssemos em Paris.

Enfim, só depois eu descobri que em Barbican fica a igreja de St. Gilles Cripplegate, onde Sir Oliver Cronwell se casou e onde foi sepultado o corpo do poeta John Milton. Ah, que saco. Vou ter que ir lá de novo. ;)

6 comentários:

Foffano disse...

É exatamente essa a imagem que eu tenho de Londres... Adoro coisas meio sombrias!

Muito bonito, tenho que visitar aqui mais vezes!

Beijos!

Gilson disse...

Um dia isto ainda vai virar um livro...

Beijs

Jinja disse...

O que me chamou atenção na foto, foi o fato de não ter quase ninguem na rua. Parece até que a cidade está abandonada! Eu achei um lugar bonito, sim! ^_^
Sabe que uma coisa que eu sempre quis aprender mais é sobre filmes? Muito luxo assistir filme cubano da década de 60! Liv-chan muito cult!
Ai, você escreve tão bem! *-*
=**

Loren disse...

Muito legal vc ter retomado o seu blog. ^^
Vou visitar sempre. Você escreve muito bem.
Ahhh, quero conhecer Londres um dia ;_;

:**

barti disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
barti disse...

tb quase nunca vou no barbican, mas qdo vou sempre sinto como se estivesse num conto ambientado num futuro recente...especial...a arquitetura do barbican se chama brutalismo...n eh a toa...