sábado, 13 de dezembro de 2008

Ah, se essa rua fosse minha...


Adoro a praticidade dos antigos. Como chamar um lugar que tem uma fonte termal muito famosa? "Bath". Como chamar uma rua que vende artigos baratos? "Cheapside" (essa da foto). E uma rua onde se vende carne de aves? "Poultry".

Salvador, que começou como uma espécie de fortaleza medieval, também tem uns nomes ótimos. "Pelourinho", "Rua Direita da (a que vai dar direto na) Piedade", "Praça da (Catedral da) Sé". E as ladeiras? "Ladeira da Misericórdia". "Ladeira da Preguiça". "Ladeira do Funil".

Todos são nomes que remetem diretamente ao uso do lugar, e guardam um pouco da história da ocupação do território, da maneira como as coisas se organizaram dentro de determinada cidade, e da especificidades de cada rua, ladeira, praça, etc. Afinal, mesmo que Cheapside não seja lá um lugar muito barato hoje em dia, pelo nome já dá pra imaginar um pouco de como era no passado...

Onde será que as coisas deram errado? De repente começaram a surgir nomes pomposos e completamente deslocados da realidade do lugar. Isso acontece principalmente no Brasil, onde se batizam ruas com nomes como "Rua Coronel Genevaldo Ferreira da Anunciação" (nome fictício, mas que poderia ser verdade). Alguém sabe quem é a figura? Não. Há alguma relação entre o nome e o lugar? Não. Na maioria dos casos, as pessoas simplesmente esquecem do nome da rua e dão a ela apelidos como "a rua da escola" ou "a rua do supermercado" ou ainda "a rua do prédio Tal".

Claro que há as cidades planejadas, onde as ruas atendem por números e, em muitos casos, faz até muito sentido. Dizem que Nova York é um desses exemplos. Brasília também, apesar de que lá o que complica não são as numerações, mas sim o fato de que todas as quadras parecem ser iguais.

Mas e quando o lugar é planejado, e ainda assim os nomes são completamente absurdos? Isso acontece no bairro da Pituba, em Salvador, que tem ruas com nomes dos estados brasileiros. Poderia ser até interessante, se a rua Amazonas não fizesse esquina da Rio Grande do Sul, ou se a rua Acre não fosse paralela à rua Bahia. Qual o sentido de ser planejado, se ninguém se dá ao trabalho de propor alguma lógica?

Quer saber? Queria mesmo era morar numa rua chamada "Um Dois Três de Oliveira Quatro", ou "A soma do quadrado dos catetos é igual à soma do quadrado da hipotenusa", ou ainda "Sou Pobre, mas sou Feliz". Porque, já que é pra ser absurdo, que pelo menos seja divertido. ;)

PS- Mudei o layout do blog, espero que agora esteja mais fácil pra ler. :)

9 comentários:

Gilson disse...

"Eu mandava, eu mandava ladrilhar..."
Os nomes das ruas refletem também o período histórico e suas personalidades. Afinal, quem nunca passou pela av. ACM? Agora você esqueceu da rua dos tolos, nº 0.

Bjs e abraços.

marcoarpacheco disse...

Gostava mais do estilo anterior, mais personalizado e elegante.
Proponho breve pesquisa entre seus leitores!

Ah! esqueceu de vários logradouros clássicos da Soterópolis: Rua do Tira Chapeu, Ladeira dos Aflitos, Chame-Chame, Baixa do Tubo, Pau Miúdo,Baixa dos Sapateirosm etc...
Beijo

Revista Meios disse...

Líviaaa! Que bom ler seu blog, é uma forma de nos reencontrarmos, de saber como está vc, como anda...

Ah, lembrei esse esse texto sobre as ruas das cidades me lembrou demais nossas aventuras enciclopédicas de salvador! :) saudades...!

Agora ando desvendando as cidades dos interiores da bahia, sergipe...e outras cidades desse nosso nordeste brasileiro...!

Estou pensando seriamente em fazer um blog tb, divulgando essas imagens, histórias e pelejas em busca da terra e da água prometida, rsrsrs. é que agora trabalho com a asa brasil, no programa uma terra e duas águas! por favor, ajude a divulgar nossa causa, coloque no seu blog um link para o site da cáritas chamando para integrar a rede permanente de solidariedade, ou p o site da asa, chamando para o click semi-árido, onde se pode contribuir tb.

e no mais? estarei te acompanhando por aqui, rsrsrs

bjos!

quel

Glória disse...

Binha, tbm gostava mais do estilo anterior. Sei que um de seus amigos falou que não conseguia ler direito, que embaralhava as vistas o fundo preto com letra branca, mas que era mais estiloso o layout anterior, isso com certeza. Êta que em Salvador é muito rico em nomes sugestivos de ruas.
Buuuuuuuuus

Eliana disse...

Binha, que lindo texto. Informo que estou adorando o nome da minha rua nova: Maragojipe. Vou pesquisar depois mas é algo que me remete a saveiros...não sei porque. E saveiro só existe na Bahia e quase extintos.Sobre o layout também prefiro o anterior. Mais classudo e londrino. Beijos.

Lôra disse...

Pooo.... amei esse seu pensamento/questionamento! A minha rua ficou anos sem nome nenhum e, há alguns anosganhou uma placa com o nome de "João José Rescala". POde até ter sido alguém importante, mas, não faço idéia de quem teha sido. Ihihihih. Adoraria morar numa rua com um nome engraçado também... ou que tivesse mesmo a ver com ahistória da rua.
Mil beijos
Fica com Deus.
P.S: Encontrei Paulinha(Pulica) e ela te mandou um beijo!

Nilton disse...

Binha, também gostava mais do layout anterior...complementando a dúvida de Eliana sobre a sua nova rua, lembro que muitas ruas do bairro Rio Vermelho tem o nome igual aos nomes das cidades da Bahia (rua Itabuna, rua Ilhéus, rua Jequié, rua Maragogipe, ...). Maragogipe é uma cidade localizada a 133 Km de Salvador, ficando ao fundo da Baia de Todos os Santos, situada a direita do estuário do Rio Paraguassú.
Bjs

Analu. disse...

Adorei o Layout.
anh...e sobre nome de ruas...confesso q não gosto
sou péssima em orientação espacial e moro em Brasília, onde tudo foi planejado e tem lógica. São coordenadas cartográficas que fazem sentido...pelo menos para os brasilienses e quem se propõe a entender a cidade. Exemplo: Vou para a 405 Sul. É a quadra 405 na parte sul da cidade. Fim de papo. (Tudo bem estamos falando do Plano Piloto, que foi realmente planejado) mas as outras cidades (mais antigas) segem sua lógica matemática também. Eu ficou louquinha qdo vou a BH. Não encontro lógica alguma e fico perdidinha...Nenhum número ou letra do alfabeto...
Enfim...^^ Boa semana amiga.

Jinja disse...

"(...) dão a ela apelidos como "a rua da escola" ou "a rua do supermercado" ou ainda "a rua do prédio Tal"."

Pronto. Você acabou de me descrever xDD Sou incapaz de decorar nomes de ruas (inclusive as do meu próprio bairro u_u)

=**