sábado, 20 de dezembro de 2008

Canary Wharf, ou A Força da Grana


Imagine a Avenida Paulista. Agora transforme-a em um bairro, e desloque-a para uma área relativamente periféria da metrópole. Tire dela tudo o que for subdesenvolvido e humano: deixe apenas os arranha-céus imensos, os logotipos de banco, e as pessoas de terno falando desesperadamente ao celular. Enfim, tudo o que remeter diretamente ao mundo financeiro e ao seu ritmo de vida vertiginoso. Imaginou? Então coloque um rio no meio. E assim você terá mais ou menos uma idéia do que é Canary Wharf.

Se a City é produto da História, com o fluxo de dinheiro correndo por aquelas vias há séculos e séculos, Canary Wharf é a invenção do presente, do capitalismo que vivenciamos e conhecemos muito bem. É fruto da era yuppie dos anos 80 de Margaret Tatcher e do neoliberalismo dos anos 90 de Tony Blair. E, claro, agora sofre os danos do desastre econômico nos anos 00 de Gordon Brown - Um arranha-céu inteirinho teve que ser desativado com a falência do banco norte-americano Lehman Brothers há alguns meses.

"Wharf" é uma espécie de cais. E "Canary" faz referência às Ilhas Canárias, o lugar de onde vinham a maioria dos produtos que chegavam naquela parte do rio. O como e o porquê de Canary Wharf virar o que virou, eu realmente não sei.

Se você chegar lá de noite, poderá ver a maioria dos prédios de luzes acesas, as salas ocupadas, gente trabalhando incessantemente porque, em algum lugar do mundo, é dia e o dinheiro não pode parar. Mesmo nos pubs há telões que apresentam a cotação das bolsas, as taxas de câmbio e as notícias que podem abalar o mundo financeiro. Canary Wharf é como se fosse uma bolha que impede qualquer distração completa do assunto principal: dinheiro.

Será que é por isso que as pessoas que andam por lá parecem tão infelizes? Fica aí a pergunta.

OBS 1 - Cliquem aqui para ver mais fotos de Canary Wharf.

OBS 2 - Manterei esse layout por algum tempo, depois voltarei para o antigo. Ou colocarei um novo, ainda não sei... ;)

5 comentários:

Analu. disse...

Primeiraaaa
Eeeeeeeee
POis é.. povo q só pensa em dinheiro e trabalha por conta do dinheiro, não tem tempo de aproveitá-lo. Eu sei q esse ano eu trabalhei horrores, mas foi mais por diversão e em busca de conhecimento do que qualquer outra coisa...Eu comeco a ter mais forte dentro de mim que a felicidade está sim em pequenas coisas, mas não em moedas... ^^ Bjos amiga, e se cuida.

Gilson disse...

Trabalhar para viver é que é importante, não viver para trabalhar. Dinheiro é um mal que infelizmente é necessário nos dias de hoje. Ele torna importante pessoas que nunca tiveram nada na vida. Mas dele não vem o que é mais importante, a felicidade. Claro que ele deixa sua vida cada vez mais prazerosa e comoda... mas não se compara ao fato de ter a pessoa que se ama de verdade ao seu lado.
Pois é... um feliz natal para você. Espero que ano que vem consiga passar aqui no Brasil. Saudades e bjs.

Lôra disse...

que descrição maravilhosa!! Adoro todas! Imagino tudinho que vc escereve... todos os detalhes!!
Agora.... trabalhar durante a noite e ter nos telões dos pubs a cotação... caramba!! isso é que é só pensar no dinheiro mesmo e buscá-lo sempre. Acho que eles estão certos, como empresas, mas, com certeza, deixam os seus funcionários super infelizes e stressados.
Como está a decoração de natal daí? Tô curiosa.... coloca fotos!
mil beijos.
fica com deus

Marcia & Tim disse...

Nao vou mentir que eu ADORARIA trabalhar em Canary Wharf... primeiro porque eh perto da minha casa e eu nao precisaria mais fazer minha velha jornada de 3 horas diarias pro trabalho... segundo eu adoro arranhas ceus, predios modernos... ai ai vou continuar sonhando enquanto pego meus 2 metros e 1 trem pro meu trabalho... Beijos Liu.

Jinja disse...

Olha, Liv-chan, não sei se infelicidade seria a palavra. Talvez elas estejam apenas mais cansadas e estressadas do que as outras e simplesmente ainda não se deram conta disso (por terem se acomodado em relação a essa rotina, talvez?).
O importante é manter o equilíbrio: nem trabalhar demais, nem molengar demais. É o que eu acho XD

=**

PS: o céu cinzento me chamou mt atenção O_O